sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Projeto Ler + em Família

10 MINUTOS POR DIA 
LER A PAR COM AS CRIANÇAS 
"Ler com as crianças ajuda-as a gostarem de livros, a aprenderem a ler e a lerem cada vez melhor. 
Quando acabar de ler converse com a criança sobre o que mais gostou no livro."
PNL

Aqui estão el@s, muito felizes, na escolha de mais um livro para ir até casa Lá vai começar a nossa "Manta de Histórias".









sábado, 9 de fevereiro de 2019

Projeto Ler+ em Família

Assim foi...
É sábado...
É numa escola pública...
...mais um ano com o Projeto Ler+ em Família.
A "Manta de Histórias" vai começar 😊
BEM HAJAM pequenin@s, pela vossa lenga lenga "A Casa do João" de Luisa Ducla Soares, pelo poema de Eugénio de Andrade " O Inverno" , o poema " À Mesa" de Luísa D. Soares e parabéns pela forma como cantaram o Hino da Biblioteca ❤
BEM HAJAM  pais PRESENTES !
Bem hajam queridas colegas, Arminda Rodrigues, Gabriela Ferreira, Marlene Peixoto, Susana e Helena Fernandes, SEMPRE disponíveis aos desafios da biblioteca escolar
BEM HAJA AO Rosa Ferreira, pelo carinho que tem por mim e pelo desempenho de excelência na nossa querida " casa que continua pequena mas onde todos cabem ❤
BEM HAJAM meni@s do Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria e Prof. Fátima Bessa pelo lanche que prepararam para os voss@s colegas pequeninos 
BEM HAJA Sr.a Diretora Doutora Ana Alice Rodrigues, por entender e valorizar o papel das bibliotecas escolares.
Local: Biblioteca Escolar D. Afonso Sanches














terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

HOJE

Nenhuma descrição de foto disponível.
No âmbito das celebrações do Dia da Internet mais Segura, iniciativa Europeia que se comemora em Portugal e se alarga a todo o mês de fevereiro, o Consórcio Centro Internet Segura, do qual fazem parte a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., a Direção-Geral da Educação, o Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a Fundação PT e a Microsoft Portugal organiza o Seminário que assinala esta mesma iniciativa. Para discutir o tema central deste ano: “Online pelos Direitos Humanos”, foram convidados especialistas que irão contribuir com a sua perspetiva neste tema Este Seminário irá decorrer na Madeira, no dia 5 de Fevereiro de 2019, em dois momentos: No momento da manhã, o Seminário é dirigido a todos os stakeholders do Centro Internet Segura e à Comunidade Local. Este momento decorre no Auditório da Reitoria da Universidade da Madeira, entre as 09h30 e as 13h; No momento da tarde, o Seminário é dirigido às Comunidades Educativas, com especial foco nas crianças e jovens. Este momento decorre na Escola Básica dos 2º e 3º ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia. A participação neste seminário é gratuita e aberta ao público, mas a inscrição é necessária, estando limitada à capacidade do auditório. Deverá garantir a sua inscrição através do registo num formulário online, disponível em: https://goo.gl/forms/uOtodGTPpr3F4aLH3. Brevemente, o Centro Internet Segura irá publicar mais informações relativas a esta efeméride nesta página.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

"FIRST ROUND" - Alunos do 4º ano / MABE

Ai MABE... MABE... és tão importante mas continuas tão complicadinho!!!!!
Tão complicadinho para ser aplicado aos meni@s do 3°/4° ano!!!
Mas será que sou a única a dizer, HÁ ANOS, que este instrumento de recolha de informação não pode ser IGUAL para alunos do 4° ano e alunos 12° ????
"Ufffff .... finalmente acabei !!!
Ainda bem que na nossa biblioteca não há destas folhas para escrever."
T.G. 4º ano





SEDA - serviço de empréstimo domiciliário alunos

e lá vão, eles e elas, encantad@s com mais um livro para levar para casa ... assim acontece semanalmente desde o pré-escolar !
Aproveitem menin@s.. aproveitem enquanto não chega a "mudança".. aqui, até parece que não há programas a cumprir 🤣🤣🤣🤣
BEM HAJAM, colegas, as que desde sempre entenderam a importância de uma BIBLIOTECA na ESCOLA 



Aqui, o assunto é "AMAR = a PARTILHAR"

Na "casa que continua pequena, mas onde todos cabem," SEMPRE houve, há e haverá muito espaço para afetos... e para o amor
Obs:
com palhinhas alternativas às palhinhas de plástico 








DESAFIOS PARA O MÊS DE FEVEREIRO



Nenhuma descrição de foto disponível.


A imagem pode conter: texto

sábado, 2 de fevereiro de 2019

DESDE ONTEM NO PORTO


É uma excelente opção para este fim de semana

"Tendo passado pelas grandes capitais mundiais, onde foi visitada por milhões de pessoas, chega ao porto uma das maiores exposições sobre o corpo humano, internacionalmente reconhecida pela qualidade do seu acervo e alcance pedagógico.
Exposição "Corpo Humano - A Ciência da Vida", estará em exibição no edifício da alfandega, de 1 de fevereiro a 31 de julho de 2019.
Esta será uma exposição impactante e muito informativa, onde será possível conhecer por dentro e por fora o funcionamento do corpo e adotar hábitos mais saudáveis para a vida.

Horários:
2ª a 6ª: 10h – 18h
Fins de semana e feriados: 10h – 19h

Preços:
Adultos (>12): 13€
Estudantes (com apresentação de cartão): 10€
Sénior (>65anos): 10€
Crianças (4 aos 12 anos): 8€ | até aos 3: grátis
Pack família (2 adultos + até 3 crianças): 32€
Reservas e pedidos de grupo: reservas@otw.pt ; servico.educativo@otw.pt ; +351 967 359 976"

http://www.corpohumano.pt

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Dia 18 vai acontecer

Feira Grande de Janeiro ou
Feira dos Vinte ou
Feira das Colheres de Pau ou
Feira dos Namorados, assim ficou conhecida uma das feiras que teve origem no século XVIII e uma das mais importantes do Norte do País.

Resultado de imagem para Feira dos Vinte 2019 em vila do conde

Tudo começou num alvará régio, promulgado por D. Pedro II, a 5 de Setembro de 1704, por solicitação das gentes de Vila do Conde, e onde se instituía a Feira Franca de Santo Amaro, a realizar ao dia 20 de cada mês.

Durante séculos a "Feira dos Namorados" foi o local privilegiado para os jovens encontrarem o seu "par ideal", deslocavam-se até lá nos seus trajes de festa, levando colheres de pau que serviam de "suporte" para escrever versos e rimas de amor às suas amadas. Na feira não faltava o som das gaitas tocadas por músicos galegos e barracas onde se vendiam vinho, pão e figos.
Esta colher servia como tema de brincadeira, tentando os rapazes tirá-la às raparigas, o que provocava correrias e risadas e, por vezes, o início de alguns namoros.
Uma outra maneira de iniciar uma relação de amizade, ou até de futuro compromisso amoroso, consistia em o rapaz oferecer à rapariga que tinha "debaixo de olho", a colher que tinha decorado, e esta aceitá-la.
Desde os anos noventa, e até aos dias de hoje, a Câmara Municipal de Vila do Conde, através das Escolas de Ensino Básico deste concelho, pretende manter esta tradição, promovendo um concurso de colheres de pau.
Todos os anos, a autarquia compra centenas daquelas colheres que depois distribui pelas escolas para os alunos decorarem com pinturas e desenhos.
As colheres são depois expostas e vendidas ao público na feira de Vila do Conde, revertendo as receitas para uma instituição de solidariedade local. Os alunos apresentam-se vestidos à época setecentista e são acompanhados por música, de forma a ser recriado o ambiente original festivo.

Assim começou a manhã na "casa que CONTINUA pequena mas onde todos cabem" ....

Com o "cartão mágico que dá livros para levar para casa" :-) Entender como funciona o serviço de empréstimo domiciliário. Turmas do 1º ano, alun@s das Profs. Arminda Rodrigues e Gabriela Reis










A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e interiores

A imagem pode conter: 1 pessoa, criança

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas